segunda-feira 28 dezembro, 2009

Saiba onde doar seu ex-computador


Muita gente gostaria de ter a acessibilidade digital que temos, mas não podem por diverso$ motivos. Existem muitas instituições que aceitam doações de equipamentos eletrônicos "absoletos para nós" e muito útil para alguém.


Veja abaixo os locais que podem aceitar sua nobre doação:

CDI - Comitê para Democratização da Informática

O que doar: computadores no mínimo Pentium III ou similar, completos, com HD e memória; monitores quando acompanhados de computadores; teclados ou mouses com CPU; impressoras e scanners; cabos, desde que para os equipamentos aceitos; laptops com fonte, no mínimo Pentium III ou similar.

Como e onde doar: Quem quiser doar equipamentos deve entrar em contato com o CDI pelo site www.cdi.org.br, e-mail ou telefone da unidade de sua região. No Rio, o telefone é (21) 2201-7770; e em São Paulo é (11) 3666-0911. Veja a lista de outras cidades aqui.

A partir de 4 de janeiro, o setor de Tecnologia e Suporte do CDI RJ estará no Shopping Tijuca (Av. Maracanã, 987 – G6 – Tijuca) para tirar dúvidas e receber doações de equipamentos, de segunda a sexta, das 9h às 17h30.

Para onde vai a sua doação: Os equipamentos doados são destinados à unidades de CDI Comunidade, voltadas para a capacitação nas tecnologias da informação e comunicação de populações carentes.

 

 

Dell/Pensamento Digital

O que doar: Computadores Pentium II ou superiores, notebooks, CPUs, monitores, teclados e mouses - de quaisquer fabricantes.

Como e onde doar: O Programa de Doações da Dell Brasil atua nos estados de SP e RS. Após preencher corretamente o Formulário de Doação de Computadores, o doador deve aguardar o contato da Fundação Pensamento Digital.

Os equipamentos são coletados sem custos para o doador. Caso pessoas e empresas de outros estados queiram doar, são indicadas ONGs na região que possam receber diretamente essas doações.

Para onde vai a sua doação: Os equipamentos doados são enviados para centros operacionais onde são recondicionados e, posteriormente, direcionados para projetos sociais, registrados na Rede de Cooperação Digital e aprovados pelo comitê formado pelos parceiros do projeto.

As instituições que desejam receber doações de equipamentos devem se cadastrar no site da fundação, clicando no link “Quero Receber”.

Exército de Salvação

O que doar: Computadores, celulares, videogames e demais equipamentos eletrônicos.

Como e onde doar: Entrar em contato com a Central de Atendimento ao Doador - Rio de Janeiro: (21) 3879-9600 ou São Paulo: (11) 5562-2285, de segunda a sexta, das 8h às 18h, e sábados, das 8h às 13h. Os objetos em condições de uso são retirados em domicílio pelos caminhões do Exército de Salvação.

Também é possível agendar a doação pela internet, com a opção de envio de foto do equipamento a ser doado. Em seguida, o Exército de Salvação entrará em contato por telefone ou e-mail para confirmar o cadastro e agendar o melhor dia para efetuar a retirada da doação.

Para onde vai a sua doação: Todos os objetos recebidos são encaminhados para galpões específicos, passam por um processo de triagem e em seguida são colocados à venda em bazares beneficentes. O resultado líquido das operações dos bazares é destinado a programas sociais do Exército de Salvação.

Liga Solidária

O que doar: Computadores, impressoras, celulares, PDAs, laptops, videogames, entre outros itens eletrônicos, em condição de uso.

Como e onde doar: O doador deve preencher um cadastro no site e enviar um e-mail informando os itens que gostaria de doar, ou ligar para (11) 3873-2911 – ramais 125 ou 136. As doações também podem ser entregues na sede administrativa da Liga Solidária, em São Paulo (Rua Capote Valente, 1332, Pinheiros).

Para onde vai a sua doação: A Liga Solidária faz manutenção e triagem para que a doação seja encaminhada às unidades sociais que estiverem precisando do material doado, assim como para o projeto de qualificação profissional na área de suporte de hardware, mantido pela entidade.

Museu do Computador

O que doar: computadores e impressoras de todos os tipos, telégrafo, telefone, máquina de calcular, máquina de escrever, videogames, teclado, monitores, HD, placa-mãe, mouse, fontes e demais peças de computador, mesmo sem funcionar. Além disso, também aceita doações de software antigo, disquetes, manuais, revistas e livros de informática, livros, entre outros itens relacionados à tecnologia.

Como e onde doar: Informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4667-8079, por e-mail ou no site do Museu do Computador.

Para onde vai a sua doação: Todo o hardware recebido é encaminhado para a oficina eletromecânica do museu, na qual os equipamentos são revisados e reformados, para seguirem para exposição no Museu do Computador. Já software e publicações relacionadas à informática são destinados à biblioteca do museu, ficando disponíveis para consulta dos visitantes.

Nota: Já fui voluntário no CDI aqui em Curitiba-PR, conheço o trabalho realizado por eles e confesso que existe muita seriedade no que fazem. Fazem de graça, com qualidade e com muita vontade de ver um país melhor. Parabéns pela garra, nobreza e serventia à mãe gentil!

Fonte: Portal G1

 


Veja também...


Commodore 64 é pura nostalgia 2.0
Commodore 64 é pura nostalgia 2.0
Hardware, Inovação Tecnológica
O tal do computador quântico
O tal do computador quântico
Computação

3 Comentários

  • Deni disse:

    Trabalho com esse tipo de serviços.
    Recebo máquinas velhas, funcionando ou com defeitos e as recupero, entregando para uma entidade que as doa a crianças, idosos e pessoas carentes.
    O problema é que as pessoas preferem jogar no lixo a trazer para doação, com medo dos dados... Se esquecendo que é mais fácil alguém recolher no lixo e usar dados importantes...
    Eu formato com técnicas de apagamento total, coisa que garante a completa eliminação dos dados.


Trackbacks e Pingbacks

Deixe um Comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *