segunda-feira 24 outubro, 2016

O que é vida?


Na tentativa de formular definições satisfatórias para provar o que é vida, biólogos e filósofos fracassaram. No entanto, de forma geral os biólogos não se prendem a questões fechadas sobre o assunto e consideram que essa clara definição é de pouca importância para a pesquisa. Eles consideram que estudar os organismos concretos já basta para entender a evolução, estrutura molecular e ecológica de entidade biológica.

No entanto, definições como as de John Maynard Smith, que considera seres vivos todos aqueles que possuem metabolismo e funções que garantam sua própria sobrevivência, deixa aberto a seguinte questão: Serão os vírus seres vivos?

Vejamos: os vírus só conseguem realizar atividades metabólicas quando estão dentro de células, fora delas são entidades cristalizadas porque não possuem ribossomos, nem hialoplasma. Os vírus conseguem garantir sua sobrevivência em qualquer situação. Pois então, eles são seres vivos?

Se utilizar apenas esses dois conceitos, podemos sim considerar que os vírus são entidades vivas mesmo que parasitando o interior das células. Mas, e quanto a auto reprodução, característica tão importante para definir um ser vivo? Se esta realmente for considerada uma característica importante, com certeza a conclusão seria: seres humanos não seres vivos, pois não são capazes de se auto reproduzir.

Parece fútil esta conversa fiada, mas a verdade é que não sabemos o que é vida. Imagine o resto!

Fonte: Charbel Niño El-Hani - O que é vida?, FAPERJ, 2000.


Ainda não há comentários, deixe um agora!

Deixe um Comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *