segunda-feira 26 janeiro, 2015

Educação: Como entrar no mestrado?


A pergunta que todos fazemos quando queremos avançar os estudos para o nível de mestrado é "será que eu tenho condições de fazer um curso de mestrado?".

Bem, essa é uma pergunta que poderia ter diversas respostas. Porém eu vou responder por níveis.

Nível 1 - Você foi excelente aluno de graduação, sempre tirou notas altas em todas as provas e nunca questionou ou causou confusão com professores.
Resposta: Vai fundo. Basta você se apresentar aos professores, fazer uma prova e está tudo certo.

Nível 2 - Você foi um aluno razoável na graduação, é um baita puxa saco dos professores e tem um "QI - Quem indica" pra te colocar pra dentro.
Resposta: Vai com um pouco de calma. Se apresente para os professores de quem puxou o saco, peça a eles para convencer os demais professores sobre a tua capacidade e faça uma preparação para ser aprovado no processo seletivo. Para sobreviver depois, só dependerá de você... puxando ou não o saco de alguém.

Nível 3 - Você foi um aluno razoável na graduação, não puxou o saco de ninguém e ainda causou confusão com algum professor.
Resposta: Ainda é possível. Nesse caso, precisa de muita persistência para recuperar o tempo perdido nos estudos durante a graduação e mostrar para algum professor (de preferência o mais respeitado dentre outros professores) as suas reais capacidades de cursar um mestrado. Não é uma tarefa fácil, mas é um caminho possível antes de se colocar no nível 4.

Nível 4 - Você foi um aluno muito ruim ou estudou em uma faculdade ruim, sempre aprovado com notas mínimas, não teve professores como aliados acadêmicos e não tem algum diferencial que possa ajudar.
Resposta: Vai ser difícil. O caminho mais fácil é você repensar seus conceitos sobre aprendizagem, sobre o que gosta de estudar e começar um novo curso superior visando o objetivo de fazer um mestrado no futuro. Perceba seus erros e tente fazer diferente desta vez.

Observação: Se você colava ou não durante as provas são outros 500. O que vale é o seu desempenho na graduação e capacidade para ser aprovado no teste seletivo. Conheço pessoas que passam a vida colando e tem um diploma de doutorado pregado na parede do escritório.

Se você se sente inseguro e despreparado, aqui vão algumas técnicas que podem facilitar o seu ingresso.

  • Seja solidário, seja trabalhador, atue em atividades sociais, faça algo diferente, faça aquilo que os melhores alunos geralmente não fazem, melhore seu curriculum com essas atividades;
  • Crie hábitos de estudo, crie cronogramas de estudo, tente cumprir prazos, elimine aquilo que tem dificuldade em estudar e foque naquilo que considera mais fácil, geralmente 80% do processo seletivo são coisas fáceis;
  • Pesquise a vida de cada professor do curso de mestrado e tente encontrar similaridades com a sua vida, aproxime-se dessas pessoas e aprenda como elas agem, como elas fazem para obter sucesso no que fazem, seja desprezível com aqueles que não possuem similaridades e são contrariados contigo;
  • Não estude pelos livros mais difíceis, pelo menos comece pelos mais fáceis, deixem que falem que você é fraco, você não precisa mostrar a ninguém que é um aluno exemplar, assuma seu papel e seu objetivo, afinal você não quer ser o primeiro, você quer estar entre os aprovados apenas;
  • Se for estudar em grupo, evite estudar os melhores alunos, eles irão te deixar pra baixo e você irá sentir-se cada vez mais inferiorizado. Estude com pessoas alegres, sociáveis, simpáticas e que estejam no mesmo nível de conhecimento que você, troque experiências e não frustrações;
  • Tente obter modelos e provas de processos seletivos de anos anteriores, é óbvio que a prova será diferente, mas lendo provas anteriores você terá a noção da dificuldade e poderá se preparar para o nível de cobrança exigido;
  • Entre ser uma pessoa normal ou um pesquisador desprezível, escolha a primeira opção!

    Grande abraço a todos

    Precisa de um método de estudo?

    Leia isso: Estudo em 4 fases
    Baixe em PDF


    Veja também...


    Cursos de TI via internet
    Cursos de TI via internet
    Computação, Educação
    Aprenda python e jogando?
    Aprenda python e jogando?
    Codificação, game
    Git - Guia prático
    Git - Guia prático
    Tecnologias

    5 Comentários

    • Carla Luz disse:

      Fico grata pelo conteúdo, especialmente nas técnicas que foram demonstradas. Vou tentar meu primeiro mestrado, após um longo período parada no ambiente acadêmico. Seguirei todas as dicas! Abraços!

    • Edison Cazallas disse:

      Gostei de você!

      Em regime multidisciplinar, quer participar da elaboração de projeto ecológico-econômico-socioambiental em minhas glebas de APP urbanas do município de Rio Grande da Serra na Grande São Paulo a ser aprovado pela CETESB?

      11 3410-1100 ou Tim 98159-4805 ou WatsApp 99978-3800

    • Edison Cazallas disse:

      Tenho 70 anos. Ingressei na Poli-USP, virei professor de Física do ETAPA - Vestibulares, graduei em Psicologia e estou pós-graduando em Psicologia Organizacional. Agora quero ir para o Mestrado com a tese: "FOCO NA FOFOCA COM FOGO NA FEFECA" - Sigilo versus Transparência no Clima Organizacional. Sou aposentado do BB pela PREVI - Queres desenvolver um projeto econômico-socioambiental nas minhas glebas urbanas do município de Rio Grande da Serra na Grande São Paulo?

    • Marina Souza disse:

      Quero muito entrar no mestrado, mas na minha área (pedagogia) tem muita indicação. Poderia me informar se foi assim na matemática também?


    Trackbacks e Pingbacks

    Deixe um Comentário


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *